SAIBA COMO FUNCIONA O CLAREAMENTO DENTAL

Clareamento dental é um procedimento estético que deve ser realizado sob supervisão do cirurgião dentista, para que seja realizado de forma segura sem trazer prejuízos a saúde oral e sistêmica do paciente.

Esse tratamento é dividido entre clareamento de dentes vitais, que são os mais procurados no consultório e de dentes não vitais, dentes que receberam tratamento endodôntico.

Neste artigo nos atentaremos ao procedimento para clarear dentes vitais, no qual são clareados todos os elementos da linha do sorriso.

O tipo de clareamento a ser usado vai depender de cada caso e será decidido pelo cirurgião-dentista em conjunto com seu paciente, sendo que poderão ser propostos os seguintes tratamentos:

_ Clareamento com moldeiras: São confeccionadas moldeiras sob medida para o paciente em questão, o clareador será aplicado nesses dispositivos e levados em posição, sendo mantidos por algumas horas (a depender do tipo e concentração do clareador). Sendo que esse tratamento se estende em torno de 4 semanas, com uso diário do clareador. Em casos de maior sensibilidade inicial, esse pode ser a primeira opção, já que apresenta a possibilidade de uso de concentrações menores do agente clareador devido ao maior tempo de exposição ao principio ativo. Normalmente, o profissional irá acompanhar semanalmente o efeito do tratamento e as necessidades de alteração de concentração do produto, assim como a associação de agentes dessensibilizantes.

_ Clareamento em consultório: Clareamento realizado exclusivamente no consultório odontológico. São necessárias em torno de 3 sessões para efeitos satisfatórios, porém por utilizar concentrações muito elevadas do principio ativo pode trazer maior desconforto com sensibilidade trans (durante o procedimento) e pós operatória (aquela que se estende após encerramento da sessão) maior.

_Clareamento misto: É uma associação dos dois anteriores, onde são realizadas menor número de sessões no consultório, assim como menor número de dias de uso da moldeira em casa.

O paciente que busca o tratamento clareador deve ter em mente que o mesmo será efetivo sobre superfícies dentais hígidas. Regiões que apresentam restaurações anteriores, tratamentos protéticos e alterações relacionadas aos canais radiculares não sofrerão alterações de coloração. De forma que ao final do clareamento podem ser necessárias substituições desses trabalhos anteriores.

Outro ponto relevante é que o efeito clareador assim como a manutenção de seu efeito é um fator intrínseco de cada indivíduo, de forma que é impossível ao profissional afirmar qual o grau de clareamento será alcançado com o procedimento, assim como a durabilidade do mesmo. Como o escurecimento de nossos dentes está ligado ao nosso envelhecimento, sendo, portanto, fisiológico, sabemos que um ano após a finalização do procedimento ele já não estará mais tão claro quanto antes, porém na maioria dos casos, ainda não estará tão escuro quanto a cor inicial ao procedimento.

Para finalizar, lembramos que durante o tratamento é recomendado que se evite alimentos ácidos, pois podem aumentar a sensibilidade dental e alimentos de coloração escura (ex: chocolate, molho de tomate, beterraba, suco de uva, café, coca-cola, etc.) pois podem manchar superficialmente os dentes, dando a impressão de que o clareamento não está sendo eficaz.

Dra. Vanessa R. Vieira

CROSP 88187

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.